terça-feira, 5 de agosto de 2014

Desvendando o Petrolato

Olá docinhos, como vão vocês???

Hoje vou deixar o lado patricinha de lado e não vou falar sobre maquiagens, hoje quem fala é a Profª Drª Raísa, Biomédica formada com respeito, e ter uma conversa séria com vocês sobre PETROLATOS.

Muito tem se falado sobre petrolatos, que não pode usar, que faz mal, e etc. Mas a real é que a maioria propaga esse tipo de informação sem ao menos se dar ao trabalho de saber que raio que o Petrolato é, o que faz e porque eles estão nos cosméticos.



Primeiro, o que são petrolatos?

Petrolatos são derivados do petróleo, praticamente insolúveis em água, que em sua forma líquida são amplamente utilizados na farmácia e na cosmética.

Como identifico os petrolatos nos meus produtos?

Você olha ali na formulação se tem algum desses componentes: Óleo Mineral, Vaselina, Parafina Líquida, Petrolatum, Petróleo Liquefeito, Mineral Oil, Óleo de Parafina, Petrolatum liquidum, Paraffinum liquidum, Vaselin....



Por que tem petrolato nos produtos para cabelo?

Os petrolatos são essenciais para alguns tipos de formulações, principalmente alisantes e tintas. Sem eles não teríamos cabelos lisinhos e coloridos. 

Nas máscaras, leave-in e condicionadores, eles atuam como emolientes (ou seja, deixa o cabelo macio), lubrificantes (evita embaraçar) e como uma barreira de proteção

Por ser um material de fácil acesso e barato, a indústria aposta nesses componentes mesmo, para dar o resultado de cabelo macios e sedosos que todo mundo quer, com certa rapidez.

Por que Petrolato faz mal?

Primeiro que petrolato não faz mal. O que faz mal é o petrolato EM EXCESSO.

Como disse anteriormente, o petrolado é praticamente insolúvel em água, ou seja, ele não sai do cabelo com tanta facilidade. Se você usar petrolato no cabelo TODO SANTO DIA, vai acabar 'selando demais' os fios, não permitindo que os outros nutrientes penetrem, deixando o fio pesado e quebradiço.

Petrolato NÃO HIDRATA. Produtos com petrolatos servem mais para selar a cutícula, não para hidratar o cabelo. O que hidrata são os outros componentes da fórmula, alguns mais outros menos. Por isso que o uso frequente dele dá o aspecto de ressecamento e a dificuldade do cabelo se hidratar com outros produtos.

Concluindo:

Pode usar sim produtos com petrolato! Mas não todo dia... Os produtos para uso diário como condicionadores é melhor mesmo usar os que não contenham tais substâncias para evitar essa "vedação" dos fios.
Após tratamentos de hidratação super recomendo o uso de petrolatos, até porque vai impedir que o 'hidratante' usado saia do cabelo tão cedo!

Entendeeeeram classe??