segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Queratina e Queratinização

Fala amores, amoras e docinhos de jerimum! 

Hoje conversaremos um pouquinho sobre queratina e queratinização.

O que é Queratina?

Trata-se  uma proteína formada por 21 aminoácidos (Aspargito, Glicina, Alanina, Serina, Cisteína, Tirosina, Ácido Aspártico, Ácido Glutâmico, Arginina, Histinina, Aspargina, gleitamina, prolina, fernilalanina, valina, triptolina, Lisina, Leucina, Isoleucina, Metionina, Treonina).

A estrutura tridimensional da queratina  lhe confere algumas características peculiares, como resistência, elasticidade e impermeabilidade.

A maioria dos produtos capilares possuem algum desses aminoácidos, com o objetivo de aumentar a produção de queratina e devolver aos fios o brilho e emoliencia.


Quando devemos fazer Queratinização?

O cabelo é constituído de 0 -12 camadas (cutículas) cuja formação é praticamente 95% queratina. 
Com as constantes exposições dos fios à agentes agressores como mudanças climáticas, produtos químicos, maresia, tratamentos térmicos, e etc. abrem-se as cutículas do cabelo, e ocorre o aceleramento da perda natural dessa proteína, causando ressecamento e porosidade.
Quando o cabelo está assim, é que devemos entrar com o processo de reposição de queratina.


Com que frequência devemos fazer a Queratinização?

Apesar da queratina ser  a matéria essencial dos fios, o excesso de queratina causa danos piores que a falta da mesma. Por isso que recomenda-se não fazer tratamentos intensos de reposição de queratina com frequência, obedecendo uma pausa de no mínimo 20 dias a cada processo.

O excesso de queratina causa perda d'água e consequentemente quebra.

Posso fazer queratinização em casa ou só no salão?

Honestamente, é preferível ir ao salão para que um profissional diagnostique o QUANTO de queratina seu cabelo precisa, justamente para evitar a quebra devido ao excesso de queratina, mas você pode sim fazer sua queratinização caseira em casa.

Existem vários produtinhos no mercado ótimos para isso, entre eles o QueraMax - queratina líquida da Niely, que já já tem resenha no blog! Mas você pode usar qualquer marca de confiança e incrementar o processo como desejar, de maneira geral, o processe de queratinização caseira segue um ritual básico, descrito a seguir:

1- Comece por lavar o cabelo com um shampoo anti-resíduos, fazendo duas passagens com o produto para que o couro cabeludo fique perfeitamente limpo. Enxague abundantemente com água morna.

2 Aplique a queratina líquida no cabelo, fazendo-o em cada mecha individualmente de modo a que o produto seja devidamente absorvido pelos fios. Quando terminar esta etapa, coloque a manta térmica se preferir, ou apenas deixe agir durante vinte minutos e, seguidamente, retire todo o produto enxaguando o cabelo com água morna.

3 - Finalize com uma máscara seladora, secador e chapinha.

Apenas respeite o intervalo de 20 -30 dias a cada aplicação, e tenha cabelos lindos e sedosos!